Felipe Laurêncio de Freitas Alves

Felipe Laurêncio de Freitas Alves

Estagiário felipelaurencio.jus.com.br

  • São Luís, MA

Perguntas, Respostas e Comentários de Felipe Laurêncio de Freitas Alves

  • respondeu em Dar uma olhada no processo

    Quinta, 13 de junho de 2019, 13h39min Criminal

    Você pode fazer o acompanhamento do andamento do processo por meio eletrônico, com o número do processo, nome das partes ou CPF, etc. Ele ainda pode obter estas informações na secretaria da Vara na qual está tramitando o processo. Espero ter ajudado!

  • respondeu em Dúvida

    Segunda, 10 de junho de 2019, 14h45min Família

    A atualização deve ser feita judicialmente... Vá até à Defensoria pública ou ao Ministério Público (na falta daquele) para que seja impetrado um pedido de revisão dos alimentos... A sentença se baseará em uma porcentagem sobre o valor do salário mínimo e, desta forma, poderá ser reajustado anualmente com mais facilidade. Espero ter ajudado!

  • respondeu em Ele pode ir preso??

    Sexta, 07 de junho de 2019, 15h27min Outros

    Depende. Você informou ao delegado de polícia o quê no momento do registro da ocorrência? Se tiver sido apenas agressão verbal (injúria), você pode "retirar" a queixa; caso tenha havido agressão física de natureza grave ou gravíssima, não poderá mais, uma vez que fica a cargo do Ministério Público.

  • respondeu em Dúvida

    Sexta, 07 de junho de 2019, 15h19min Criminal

    Portanto que você não tenha menos que 14 anos e consinta com o relacionamento, nenhum problema legal! Quanto à "extorsão", não está nem de perto configurada, já que você ajuda financeiramente sua namorada conscientemente e sem coação ou exigência alguma, ou seja, ambos agem de boa-fé.

  • respondeu em Raio-x do dente errado

    Quarta, 05 de junho de 2019, 14h04min Consumidor

    Primeiramente, você deve tentar resolver o problema extra-judicialmente, a partir de tratativas com o dentista ou o administrador do consultório; caso este se mostre intransigente, sugiro que informe ao Procon ou busque reparação do dano no Juizado Especial Cível das Relações de Consumo. Nestes juizados, a tramitação das demandas acontecem com maior presteza e não precisa de assistência de advogado, basta comparecer à Vara e fazer a reclamação. Espero ter ajudado!

Precisa de Advogado?

Precisa de
Advogado?